#TuromasInTheWorld

Krysztal e Turomas na Polónia

#TUROMAsintheworld

CLIENTE: Krysztal

CIDADE: Nowy Sacz

PAÍS: Poland

Krysztal é uma processadora de vidro localizada em Nowy Sacz, uma cidade do sudeste da Polónia. Em frente da mesma, encontramos a família Plata e os seus três filhos. Janek Plata, o chefe de família, começou a fabricar janelas a partir da sua própria casa no ano de 1984.

Consciente da necessidade de melhorar a qualidade dos trabalhos e reduzir o tempo de espera do cliente, começou a investir em nova maquinaria. Depois, chegaria a diversificação dos serviços e a captação de novos clientes, individuais e grossistas. Trinta e cinco anos depois, conta com meia centena de empregados.

Além do processamento de vidro monolítico e laminado, a sua oferta inclui o processamento de cantos, o corte de painéis e inclusive o fabrico de vitrais com resinas decorativas ou vidros com efeito mate areado. Um dos projetos mais minuciosos e interessantes que realizou foi um vitral para Bacu, capital do Azerbaijão, por ocasião dos Jogos Olímpicos.

A empresa vende dentro e fora das suas fronteiras, sobretudo, para outros países europeus. Alemanha, Áustria, Inglaterra, Irlanda e Suécia são os principais destinos das suas exportações. Os maiores clientes da Krysztal são fabricantes de vidro, móveis e janelas.

Krysztal aposta na Turomas para renovar a sua maquinaria

Piotr Plata, filho de Janek e atual Chefe de Vendas e Exportação, não perde de vista a tradição do negócio, mas também está consciente de que é necessário modernizar-se e adaptar-se aos novos tempos que correm.  

“Hoje em dia, o vidro está na moda e a procura é muito alta. Por isso, necessitamos maquinaria qualificada, rápida e segura para satisfazer as necessidades dos nossos clientes oferecendo-lhes um vidro de alta qualidade”, mantém Piotr.

A empresa polaca renovou por completo a sua frota de máquinas para cortar vidro e escolheu a Turomas para esta troca, após conhecer as vantagens do produto turolense e concluir que esta inovação melhoraria o serviço junto dos seus clientes.

A mesa de corte de vidro monolítico escolhida por Krysztal é a RUBI 403VAC-3 e para o corte de vidro laminado, incluindo o vidro laminado de segurança (VSG), o modelo escolhido é o LAM 304.

A incorporação das mesas de corte Turomas agilizou os tempos de produção graças ao carregamento automático das folhas de vidro, à possibilidade de decapar a superfície protetora plástica a partir da própria mesa e ao sistema de etiquetagem automática.

“Estas máquinas são as mais importantes que temos na nossa fábrica. Tivemos a oportunidade de melhorar a nossa produtividade, podemos responder a um maior volume de pedidos em menos tempo. Isto é primordial para nós porque os nossos clientes esperam uma qualidade muito alta do nosso produto”, reconhece Piotr.

A grande melhoria do desempenho, em conjunto com uma alta precisão no corte que minimiza o processamento posterior do vidro, é o que a Krysztal procurava e encontrou na Turomas, estão satisfeitos com o investimento.

Piotr Plata

“Se alguém quer ser líder, tem que estar com os líderes. E, segundo a nossa opinião, a Turomas é uma líder no mercado de máquinas de corte de vidro”, expõe Piotr.    

Entrevista com Janek Plata e Piotr Plata, diretor e gerente de vendas da Krysztal consecutivamente.

Descubra de que maquinaria é feita a instalação

RUBI 403 VAC-3

LAM 304

Partilhar

Share on facebook
Partilhar
Share on twitter
Tweet
Share on linkedin
Partilhar