MAQUINARIA  >  CORTE DE VIDRO LAMINADO

MAQUINARIO PARA O CORTE VIDRO LAMINADO

A série LAM 100 é uma máquina de funcionamento semiautomático e autônomo. De fácil manejo, está orientada às empresas com uma necessidade produtiva média de vidro laminado até 8 + 8 mm.

Corte máximo: 3700 mm (146″)

Espessura do vidro: 8+8 mm (0.31″+0.31″)

A série LAM 300 está orientada a empresas que procuram uma máquina versátil e um corte de alta qualidade e rendimento. Desenhada de maneira compacta, a mesa pode trabalhar combinada com uma mesa para corte de vidro monolítico RUBI para obter uma eficiente linha mista de corte. 

Corte máximo: 3700 mm (146″)

Espessura do vidro: 10+10 mm (0.39″+0.39″)

A série LAM 500 está orientada a empresas que necessitam máxima produtividade e automatização. Desenhada para trabalhar integrada em uma linha de corte para vidro laminado ou como parte de uma linha mista. 

Corte máximo: 
3700 mm (146″) 
4700 mm (185″) 
6000 mm (236″)

Espessura do vidro: 12+12 mm (0.47″+0.47″)

CARACTERÍSTICAS COMUNS

Desenho estrutural extremamente robusto

Desenho compacto e otimizado. As mesas são montadas em sua totalidade para ganhar em robustez e evitar tensões que comprometam seu funcionamento. Seu desenho mecânico permite absorver as vibrações produzidas pelas altas acelerações e velocidades, otimizando assim a qualidade e precisão do corte.

Colchão de ar otimizado

Este sistema permite deslocar o vidro manualmente ao longo da mesa mediante um sistema de colchão de ar melhorado. Um ventilador gera um grande caudal de ar que sai na superfície da mesa por orifícios reguláveis distribuídos uniformemente.

Sistema de destaque e separação

O lado superior do vidro é destacado por uma régua que sobe e toca o vidro pelo lado inferior. O inferior, é destacado pela ferramenta superior que possui integrada uma roda que desce e se desloca pelo lado superior do vidro. O polivinil butiral é aquecido por uma lâmpada infravermelha ao mesmo tempo que uma régua segura o vidro pela parte inferior a outra puxa no sentido contrário. Dessa forma, na medida que o butiral fica brando o vidro se separa. Por último se corta o butiral com uma lâmina na ferramenta superior.

Superfície de alumínio

Nossa inovadora aposta pela superfície de alumínio minimiza as perdas do colchão de ar. Más o que mais se destaca é sua combinação com o sistema TFS para garantir a perfeita planimetria da mesa ao longo do tempo.

Regulação automática da pressão de corte

O software de controle reconhece o tipo de vidro e seleciona a pressão ideal para seu corte. A pressão pode ser ajustada segundo a velocidade para cortar sempre com a máxima qualidade, ajudada por uma válvula eletrônica de lubrificação constantemente para o diamante.

Sistema mecânico de posicionamento

A superfície da mesa possui vários rasgos pelas quais se deslocam dois topos que permitirão posicionar o vidro de diferentes longitudes. Ao ser ativado ele se desloca horizontalmente para posicionar-se de acordo com tamanho da peça a ser cortada. Despois sobem para que o usuário possa posicionar a peça fazendo contato com os mesmos. Se a peça é pequena se empregará os topos dianteiros e se a peça for grande os traseiros.

Corte de vidro monolítico

A gama LAM oferece a possibilidade de cortar e destacar vidro monolítico. O corte é realizado na ferramenta superior e a régua inferior faria o destaque.

Menu sequencial de operações

Com esta função da interface pode eleger que ação em concreto é necessário realizar sobre o vidro. Quer dizer, naqueles casos em que não é necessário completar o ciclo completo (corte + destaque + separação) permite selecionar que parte do processo deseja realizar, por exemplo, aquecer o butiral, destacar o vidro etc.

Laser de ajuda para o posicionamento

Laser percorre toda a longitude da ponte e serve de referência para posicionar o vidro manualmente. Assim pode-se situar a chapa de forma inclinada e cortar peças com formas retas.