Sistema de carga TUROMAS, uma solução versátil e eficiente

#TUROMASTECHNOLOGY

O sistema de carga TUROMAS tem múltiplos benefícios para o cliente que decide por ele. Benefícios relacionados com o incremento da produtividade, otimização do layout da planta, redução de custos ou a segurança na fábrica.

Na década de 80, os engenheiros da TUROMAS detectaram que o momento do carregamento do vidro atrasava o restante do beneficiamento do vidro plano. Para resolver esse gargalo, idealizaram um sistema composto por braços basculantes com ventosas para carregar a chapa de vidro sobre mesa de corte.

Desde o lançamento, esta solução pioneira e confiável é segura até o presente momento, foram fabricadas e vendidas mais de 1.200 unidades ao redor do mundo, com uma importante expansão nos mercados de língua espanhola e portuguesa.

Sistema de carga de vidro TUROMAS

Esta tecnologia vem sendo utilizada por mais de três décadas sob todo tipo de condição, além disso, não ficou parada e continuou evoluindo à novos modelos.

Inovações que além de integrar os braços com ventosas na própria estrutura da mesa, para realizar a carga, incorporam correias para posicionar e evacuar as chapas de vidro de maneira completamente automática.

Atualmente, o departamento I+D da TUROMAS está desenvolvendo uma versão para trabalhar com vidro tamanho jumbo e um novo sistema de separação instantânea. Ambos são avanços que sem duvida, revolucionarão a indústria do vidro.

Os benefícios do sistema de carga TUROMAS

O sistema de carga TUROMAS tem múltiplos benefícios para o cliente que decide por ele. Benefícios relacionados com o incremento da produtividade, otimização do layout da planta, redução de custos ou a segurança na fábrica.

1. Automatização da carga e corte de vidro para melhorar a eficiência e a produtividade.

Para automatizar o processo de carga e corte de vidro, a TUROMAS propõe varias soluções eficientes em função do maior ou menor investimento segundo o cliente procura, uma combinação de maquinaria, mas ou menos completa.

As respostas mais padronizadas seriam complementar uma mesa RUBI 303VA para cortar vidro monolítico com uma mesa de destaque ou agregar uma mesa basculante MV-300 a uma mesa compacta para cortar vidro laminado. Tanto uma como outra incorporam braços basculantes com ventosas que permite carregar as chapas de vidro independentemente da espessura ou do tipo de vidro.

Os braços com ventosas que realizam a função de carga se encontram incorporados na estrutura da mesma mesa, isso elimina a necessidade de um carregador adicional ou uma mesa de transferência.

Mesa de corte de vidro monolítico RUBI303VA + MT300B
Mesa de corte de vidro laminado LAM304 + MV300

Juntamente com as ventosas, na estrutura dos braços vem incorporados os topos que permitem carregar manualmente, como se tratasse de braços de carga convencionais na mesa de corte. Desta forma, se adapta o sistema de carga para clientes com uma produção muito variável e que requer um sistema de carga flexível de acordo a suas necessidades.

Topos braços de carga para carga manual

Para as empresas com grande variedade de vidros, a alternativa seria combinar um armazém inteligente básico com uma mesa de corte que incorpore o sistema de carga TUROMAS. A combinação de ambas máquinas permite otimizar o espaço e destinar a área não utilizada com o carregador para ampliar a capacidade de armazenamento do sistema.

No caso dos modelos de mesa de corte VAC com sistema de carga TUROMAS e correias de posicionamento. Uma solução de carga automática de vidro extremamente compacta e de grande rendimento.

Em concreto o modelo RUBI 403VAC-6 permite ter de 2 chapas de vidro sobre a mesa de forma simultânea, com avance sincronizado, permitindo a entrada para o corte da segunda chapa durante a evacuação da primeira para a mesa de destaque. Além disso, o modelo RUBI 403VAC-6 oferece a possibilidade de ampliar o corte útil a 6100 x 3300 mm.

Mesa de corte de vidro monolítico RUBI 403VAC-6

Por último, uma solução completamente automatizada seria a combinação de um armazém automático – tipo Rack-Shuttle SR e uma linha de corte com sistema de carga TUROMAS. Uma alternativa simples e económica que permite armazenar, carregar e cortar vidro de forma autônoma além de obter um rendimento de até 300% a mais.
Cada um dos espaços produtivos são diferentes e todos eles tem elementos que dificultam ou impedem a instalação das máquinas ou seu funcionamento, limitando a zona de trabalho útil ao espaço entre colunas de um mesmo galpão e sempre contingente à existência de uma ponte rolante que cubra toda região de armazenagem para poder realizar o abastecimento de vidro.
O sistema Rack-Shuttle SR rompe essas limitações já que consegue trabalhar entre diferentes galpões entre as colunas, eliminando a necessidade de ter uma ponte rolante que cubra toda região de armazenagem, realizando o abastecimento do vidro do armazém sobre um cavalete específico que será movimentado dentro do armazém pela própria máquina.

Armazém automático SR-03

Além disso esses sistemas de armazenagem foram desenhados modularmente para que a máquina possa crescer segundo as necessidades da empresa, incrementando o número de cavaletes e a área de armazenamento gradativamente.

distribución en planta SR-03 + RUBI 303VA + MT-300B + LAM 3004 + MV-300
Layout armazém automático SR-03 + linhas de corte RUBI 303VA + MT300 e LAM 304 + MV300

As mesas de corte, graças ao sistema de carga TUROMAS, são capazes de carregar as chapas de vidro diretamente do cavalete do armazém. Além disso, os Rack-Shuttle SR permitem alimentar simultaneamente duas linhas posicionadas em paralelo, aumentando o fluxo de trabalho e do vidro aos próximos processos.

Maior flexibilidade, por um lado e maior cadencia produtiva por outro, os armazéns Rack-Shuttle – SR em combinação com máquinas de carga automáticas com braços basculantes e ventosas formam um sistema de produção capaz de suprir as necessidades do beneficiador de vidro mais exigente e ao mesmo tempo adaptar-se virtualmente a qualquer espaço e tipo de vidro.

2. Economia de espaço e dinheiro sem renunciar o rendimento absoluto

Em comparação com outros sistemas convencionais que não integre o carregamento automático do vidro, o sistema de carga TUROMAS possibilita uma economia entre 10.000€ e 12.000€ anuais ao prescindir do funcionário que alimentaria a mesa de corte, podendo ser alocado à outras tarefas.
Mesmo assim o uso da ponte rolante em vez de se ocupar com abastecer a mesa de corte poderá ser destinado a outros processos produtivos como carregar ou descarregar matéria prima ou produto terminado.
Outra das principais vantagem que oferece esta tecnologia que integra o carregador na própria mesa de corte é a optimização do espaço e consequentemente a economia no investimento de um carregador automático. Existem empresas que não contam com a suficiente infraestrutura e é imprescindível aproveitar os recursos de espaço ao máximo.

3. Segurança, um aspecto importante que não se deixa de lado.

O sistema de carga TUROMAS incrementa a segurança dos funcionários na planta ao evitar os possíveis acidentes que poderiam ocorrer ao carregar a mesa de corte de forma manual.

Prevenção de riscos laborais e também redução considerável das quebras por colisões porque as ventosas dos braços, graças aos dispositivos, detectam quando a superfície do vidro está próxima e somente assim o vácuo é acionado para impedir possíveis colisões.

Sistema de carga TUROMAS em armazém automático SR-03

Para controlar a sucção das ventosas, um pressostato indica quando alcança o nível de vácuo ideal para cada tamanho de vidro. Além disso, o mecanismo de separação que é utilizado garante que está carregando uma única chapa do cavalete em cada ciclo de carga.

Todos esses dados são monitorados e visualizados no painel de controle da mesa e na tela do escritório.

4. Carga de todo tipo de vidro

O vidro é um material que tem uma amplia variedade de tipologias e aplicações em função de sua composição. Por isso o sistema de carga TUROMAS foi desenhado especificamente para trabalhar baixo qualquer circunstancia.
Este sistema possibilita a carga automática de chapas standard de vidro monolítico de espessuras de 2 mm até 25 mm bem como chapas de vidro laminado até 12+12 mm.
Em concreto o vidro laminado é pesado e como consequência difícil de transportar. Para facilitar seu manejo o fabricante espanhol coloca a disposição do beneficiador de vidro a solução mais compacta para carregar e cortar vidro laminado que existe no mercado atualmente: uma mesa de carga MV-300 mais uma mesa de corte LAM 304.
Igualmente, o sistema de carga foi desenhado para evitar o contato em todo momento com a face superior do vidro, transportando e carregando o vidro sem tocar, portanto conservando qualidade da face do vidro com Low-e.

ventosa turomas

Cada galpão é singular e cada cliente possui suas exigências. Por isso, os equipamentos TUROMAS para transporte vidro são versáteis. Soluções de última tecnologia que se adaptam tanto ao empresario que está dando os primeiros passos à automatização como ao que necessita a máxima automação e produtividade.

PARTILHA

Share on facebook
Comparte
Share on twitter
Tweet
Share on linkedin
Comparte

Eu gostaria de receber as últimas notícias da Turomas